DJ MANÉ O NÚMERO 1 DO RITMO ZOUK AQUI NO BRASIL.

Dj Mané na cabine da "Mel Ritmos do Caribe" em São Paulo 1988.
O movimento começou em 1988 em uma danceteria aqui em São Paulo.
A Matéria realizada pelo blog do planetzouk.net define onde e quando começou o Movimento Zouk no Brasil:
-- A grande virada se deu com a inauguração da Mel Ritmos do Caribe (imagens acima) em 1988, a primeira casa noturna especializada em zouk no Brasil. À frente do projeto, estavam  Dj Mané (foto) e Jairo Brasil (Dj e dançarino, que depois faria parte do grupo Kaoma). As aulas eram dadas pelo professor Camarão.
“Quando a Mel abriu as portas, algumas músicas caribenhas (chamadas de  lambadas internacionais ou lambadas francesas) já eram sucesso nas lambaterias de São Paulo”, lembra Dj Mané. “Mas a proposta da casa era diferente: enquanto nos outros locais, as lambadas brasileiras reinavam, na Mel, invertemos a fórmula: as lambadas francesas, basicamente músicas de zouk e compa, é que eram maioria nas noites. Na pista da Mel, por exemplo, foram lançados os primeiros sucessos de Francky Vincent e Tanya Saint Val, que não tocavam em outras baladas.”
E como ficou a dança? “A lambada sempre foi mais pesada, mais marchada e com os pés no chão, já que as músicas pediam isso”, explica Jairo Brasil. “Como na Mel praticamente só tocava zouk, e muitas músicas eram mais românticas (zouk love), os dançarinos da casa, e eu me incluo no grupo, começaram a dançar de forma mais suave. Foi uma transição natural a favor da leveza e da sensualidade, que passou a diferenciar o jeito de dançar do pessoal da Mel em relação às outras lambaterias.” Segundo Dj Mané, já nesta época, antes do estouro do grupo Kaoma, se alguém perguntasse para os dançarinos da Mel o que eles dançavam, a resposta era “zouk”.
Jairo Brasil compartilha da mesma opinião. “A dança zouk nasceu na Mel em São Paulo no ano de 1988. Em 1989, quando entrei para o Kaoma, já dançava zouk com minha parceira Monica Melo, mas o repertório do grupo, composto basicamente por músicas muito rápidas, não ajudava a desenvolver esta nova dança”, afirma. E aqui surge a dúvida: será que dava para perceber visualmente as diferenças do estilo da Mel (ou o zouk), representado pelo casal Jairo Brasil & Monica, em uma apresentação do grupo Kaoma com várias outras duplas dançando lambada no mesmo palco?
A prova dos nove está no vídeo abaixo, que é uma gravação histórica do lançamento da música “Donna Con Te”, interpretada pelo grupo Kaoma durante a festa de 40 anos do famoso Festival de San Remo na Itália em 1990. Reparem como Jairo Brasil, que está de bermuda amarela com suspensório, conduz Monica Melo, de saia verde, de maneira diferente. Ao invés da tradicional movimentação lateral (que é a marca registrada da lambada, representada pelos demais dançarinos do palco), os dois se deslocam para frente e para trás (veja aos 2min05, 2min52 e 3min26). No vídeo, está toda a base de quem dança zouk no tempo 01, estilo que se consagrou em São Paulo! Diferentemente em e outros estados, como o Rio de Janeiro por exemplo, onde  o estilo de dançar zouk foi inspirado bem depois já nos anos 90 basicamente por alunos de Jaime Aroxa que adotaram também o nome zouk.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TUTORIAL TIMECODE VIRTUAL_DJ

Bugelo é o convidado especial do Dj Mané nesta quarta no San Diego Bar: